1 de Abril – As “mentiras cristãs”que você acredita

 

Particularmente, acho que essa história de primeiro de abril é uma grande perca de tempo. É bastante comum a gente considerar as mentiras que nós contamos, bem menos ofensivas que as mentiras que as pessoas nos contam.

É característica nossa, de todo ser humano, que se propor a ser sincero com a sua humanidade, que a gente leva a mentira como uma brincadeirinha. A mentira convive conosco como uma ferramenta, um artefato possível, que obviamente, nos libera de problemas e constrangimentos que passamos se formos ser sinceros.

Nós utilizamos tanto as mentiras que não conseguimos nem mesmos ser sinceros conosco mesmos. A gente tenta se livrar do que sente, do que pensa e das emoções que emergem. Nos preocupamos com a opinião que as pessoas terão ao nosso respeito, o que os outros pensarão, os papéis que temos de dar conta, as crises de nossa idade, os sonhos que muitas vezes, professamos mas nem são mesmos nossos, mas heranças de nossos pais e nossas mães.

E para mim, ao pensar sobre os aspectos da fé, penso que temos um tanto grande de mentiras envolvendo o significado do evangelho, da conversão e eu gostaria de pontuar 10 mentiras que o nos contaram sobre a nossa fé.

Mentira 1 – A vida de fé é uma vida sem erros.

Essa mentira é tão absurda que ao ler a Bíblia, do Gênesis ao Apocalipse nós vamos ver pessoas cometendo erros e desobedecendo a Deus. Abraão, Sara, Sansão, Moisés, Davi, Raabe, Joquebede, e tantos outras pessoas de Deus, passaram por situações onde a sua fé poderia ser questionada, mas podemos afirmar, que as crises de fé desses irmãos só nos mostram que Deus não é alguém que se afasta na crise, mas se aproxima.

Mentira 2 – Você precisa mudar sua vestimenta para ser de profeta

Isaías (20:3) andou pelado por 3 anos. A vergonha de Isaías ficou exposta para que o Senhor demonstrasse ao povo de Israel como os que confiavam em povos que o Senhor não gostaria ficariam. O poder profético está em quem se é diante de Deus.

Mentira 3 – Ir a Igreja e consumir religião basta

Acreditamos que  frequentar um templo (Atos 17:24) e consumir a religião proposta (João 2:12-25) é o que nos fará sermos mais ou menos cristãos. Essa é uma mentira que muitos acreditam por anos e anos. Junto com ela, existe um perigo ainda maior que é você acerditar que então por causa dessa liberdade não precisa de uma igreja (Salmo 133 / 1 Pedro 2:4-10). Se é verdade que você não precisa de reuniões religiosas, tão verdade quanto é que você não é igreja sozinho. Igreja é a família de Deus (Efésios 2:11-22), e ou você é parte desse coletivo, ou apenas um filho fugitivo da família do Pai.

Mentira 4 – Você precisa fazer sacrifícios.

É verdade que o relacionamento com Jesus te levará a um número bastante grande de decisões sérias a serem tomadas. Mas de verdade, isso não tem a ver com salvação, a salvação é um preço na cruz. Veja, somos salvos pela graça de Deus, pela fé que depositamos em Jesus, o que passar disso é encheção de saco (Efésios 2:8-10).

mentira 1 abril

Mentira 5 – Oração é a chave da vitória.

Mentira, oração é relação íntima (Mateus 6:5-6). Não oramos para pedir coisas, mas para estarmos diante de Deus, com nosso coração derramado, situação que só conseguimos num ambiente de intimidade e confiança, visto que temos uma imensa dificuldade de ser sinceros com quem vemos, imagina com quem não vemos?

Mentira 6 – Aquela história de abandonar as coisas do mundo.

Foi da boca do próprio Deus que o homem recebeu a ordenança de cuidar da Terra (Gênesis 1:26-28). Sim, a queda muda muita coisa, mas a cruz é maior do que a queda, e em Cristo temos a possibilidade de viver a vontade de Deus para nós novamente.

Mentira 7 – Você não pode estudar as coisas de Deus.

Cada um sabe onde seu calo aperta. Sabe o nível de discussão e aprofundamento da fé, e as condições que ele mesmo tem para isso. Obviamente, nem todos estão preparados para estudos muito elaborados, mas a proibição é limitação, e em Cristo tudo foi reconcilado (João 3:17). Assim, não devemos ter medo de estudar, mas ter a consciência de enxergar a Cristo em tudo o quanto nos propusermos a estudar, levando a nossa mente cativa no Senhor (2 Coríntios 10:4-5), para podermos experimentar a boa perfeita e agradável vontade Dele em nós, nos nossos corpos e na vida cotidiana que é o verdadeiro culto racional (Romanos 12:1-2).

Mentira 8 – A vida com Deus é prerrogativa de benefícios.

Ah, não é né. Não sei nem como comentar bem essa aqui. Deus é o cara que te pedirá tudo, mas no nada te dará alegrias intensas (Atos 5:41-42).

Mentira 9 – Você se tornará alienado.

Duas coisas bem diferentes é alienação e esperançoso. Alienado é aquele que não conversa com a realidade. Esperançoso é aquele que inunda o nosso coração com a alegria da vida. O pessoal do evangelho acredita na vida leve (Mateus 11:28-30), na vida em abundância (João 10:10). Essa é a diferença.

Queria dizer algumas verdades sobre o mundo cristão e a fé, mas isso você pode ler nos outros textos do MVC.

Que Deus te abençoe.