Espinhos

Pra nos lembrar o quanto nós somos frágeis e o quanto dependemos de Deus.

É um grande engano o homem confiar em si mesmo, pensar que pode alcançar seus objetivos, vencer as adversidades sem a dependência divina. Quando isso acontece Deus sabe sabe como agir, permitindo os espinhos para que por meio do sofrimento possamos desfrutar da sua suficiente graça.

Paulo sofria de um espinho na carne, a Bíblia não diz o que é, mas Paulo chama de “mensageiro de Satanás”. Ele orou por três vezes pedindo ao Senhor que o libertasse, mas o que ele ouviu do Senhor foi: “A minha graça te basta”. Paulo entendeu que esse espinho era necessário para que ele não se tornasse soberbo por causa da suas revelações.

O sucesso de um ministério, a experiência pessoal no relacionamento com Deus ou o elogio das pessoas, podem ser instrumentos de soberba, por isso mesmo Deus, conhecendo o nosso coração, permite os espinhos, que são pequenos mais que incomodam bastante, porém, devemos nos lembrar que juntamente com os espinhos na carne o Senhor derrama abundantemente da sua graça sobre nós.

Posts relacionados

Comentários