Fazendo o caminho de volta

veraluz_o_caminho_de_volta_ao_trilho

Início de ano é o período em que voltamos para algumas coisas. Os estudantes e professores voltam às aulas, os atletas voltam aos treinos, os que querem emagrecer voltam à dieta e várias pessoas, incluindo eu, se voltam para Deus, buscam um início de ano diferente, com mais compromisso espiritual, com mais tempo para oração e leitura da palavra. É interessante falar sobre voltar, pois com esse post estou voltando a escrever para o MVC.

Voltando os olhos para a palavra, vejo através da Parábola do Filho Pródigo (Lc 15) o quanto Deus celebra a volta, o quanto ele se alegra quando percebemos que estamos distantes dEle e voltamos para perto. Note na parábola que o pai nem quis dar ouvidos ao pedido do filho, que seria apenas de ser aceito como um de seus empregados, e ele não quis porque ama o filho, e o retorno para casa já é o suficiente para ser aceito novamente, pois ele nunca deixou de ser filho, a filiação não foi perdida, embora estivesse longe.

Não quero com esse post discutir soteriologia (doutrina da salvação), só quero atentar para o fato que sou filho, sou amado, que tenho um Pai de braços abertos me esperando, que esse Pai não queimou minha certidão de nascimento, e que eu devo parar e pensar se realmente vale a pena eu deixar a casa do pai para ir comer com os porcos.

O convite para voltar

A igreja muitas vezes se comporta como o irmão mais velho, celebrando diversas vezes quando um dos filhos vai embora, questionando a paternidade, afirmando que, se foi embora, é porque não era filho, taxando esse ou aquele de desviado. Mas quem nunca foi um desviado? Quem nunca ficou semanas e mais semanas desviado da palavra, sem contato com Deus, mesmo indo aos cultos dominicalmente? Quem nunca se desviou da fé e ficou questionando as causas na sua vida colocando em cheque a soberania divina? Todos nós já nos desviamos de algo, mas todas as vezes Deus nos aceitou de volta, como filhos que tem pai, revelando sua infinita graça e misericórdia.
As vezes Deus nos quer tanto de volta, que permite situações em nossa vida que sirva de dor e sofrimento, mas qual pai de verdade não corrige o filho que ama?

A Volta do Filho Pródigo por Rembrandt van Rijn

 

O convite para voltar está feito, aconteceu com Moisés, aconteceu com Davi, aconteceu com Pedro, todos eles se desviaram de alguma forma, mas encontraram o caminho de volta, pois nunca deixaram de ser filhos, e esse convite é feito diariamente para mim e você.

Que eu tenha isso em minha mente: haverá sempre o caminho da volta, e o Pai estará lá esperando que eu volte, outras vezes Ele está querendo usar o meu irmão, que está na casa, para ir me buscar, outras vezes Ele mesmo irá caminhando e me resgatará.
Se não for eu quem precise pegar o caminha de volta, que seja eu quem o ajude a resgatar aquele que se perdeu.

Amém!

Posts relacionados

Comentários