Jesus nos ensina a administrar melhor o tempo

tempo_qualidade_de_vida_sbcoaching

O livro de Marcos é muito dinâmico, foi escrito em uma narrativa rápida para um povo que não poderia perder tempo, pois estavam sofrendo perseguições por serem Cristãos. Essa característica do livro nos mostra um Jesus agitado, ousado, que sabe que tem uma missão e precisa cumpri-la, um Jesus que não perdia um segundo do seu tempo.

Eu tenho 33 anos, a mesma idade em que Cristo foi crucificado, e olhando para a história do mestre nessa carta, iniciada aos 30 anos quando foi batizado no rio Jordão, analiso como eu utilizei o meu tempo de 2013 para cá.

Em três anos Jesus foi batizado, logo depois tentado por satanás e aprovado nessa tentação, em seguida monta um grupo de doze discípulos e inicia uma série fantástica de compaixão pelo perdido, milagres e confrontações com poderosos que regiam a terra. Jesus expulsa vários demônios; cura leprosos, cegos, surdos e paralíticos; ensina aos seus seguidores com paciência e humildade; dá uma aula de ousadia e coragem para os doutores da lei; transforma água em vinho, multiplica pães e peixes, acalma uma tempestade e ainda consegue andar sobre as águas do mar; cumpre com as tradições judaicas e com seus deveres de cidadão; tem tempo para estar com as crianças, tempo para chorar com os que choram, se alegrar com os que se alegram, tempo de lamentar a morte de um amigo, e tempo para sentar e tomar um bom vinho com eles; Jesus teve teve tempo para amar até o seu traidor e perdoar a todos os que lhe perseguiam; Jesus ainda conseguiu tempo para orar, e isso aconteceu várias e várias vezes; tempo para despedir-se, sofrer, morrer, voltar à vida e subir aos céus.

Ufa! Como Ele conseguiu?

Eu acordo sempre atrasado, faço uma oração, tomo um banho ligeiro e corro para deixar a minha esposa em seu trabalho antes de chegar ao meu. Depois da jornada diária preciso encaixar um treino na academia ou de corrida na rua, e quando chegamos em casa ainda temos que cuidar dos afazeres. Quando chega no final da noite fico na dúvida se eu vou dormir ou se assisto mais um episódio de SUITS no Netflix; se leio a bíblia ou se leio um dos livros que estão na estante; se escrevo esse texto ou se estudo; se vou ver o que rola nas redes sociais ou se jogo mais uma partida de um joguinho viciante que descobri a pouco mais de um mês.

O equilíbrio de Jesus

Apesar de ser Deus, Jesus administrou seu tempo como humano. Ele sabia que tinha uma missão, que tinha um trabalho para fazer, mas em tudo na sua vida ele encontrou o equilíbrio exato. Sabia a hora de parar e de ir; “perdia tempo” comendo na casa de amigos, mas aproveitava o máximo desse tempo para exercer sua compaixão e focar em seu propósito; “perdia tempo” ensinando, pois sabia que aqueles três anos que lhe sobrava, passariam rápido, então repassar o que sabia agora lhe garantiria um ensino que seria transmitido de geração em geração.

Jesus exerceu muito bem o equilíbrio entre o produzir e permanecer, e de forma brilhante, com uma linguagem bem adequada, nos ensinou através da ilustração da videira que o grande segredo para produzir bem é permanecer em Deus (João 15), pois estando nEle, tudo aquilo que venhamos a fazer será feito com propósito.

A vida Cristã vai além de ir para igreja em todos os cultos, MINHA VIDA CRISTÃ é conseguir refletir o caráter de Cristo e tentar ser bom em tudo que eu faço – ser um bom profissional, pai, esposo, filho, patrão, amigo, etc.

Se tem algo que nos atrapalha em nossa jornada, precisamos identificá-la e jogar para fora da pista. Pode ser muito tempo no trabalho, não sobrando tempo para a família; pode ser tempo demais nas redes sociais, não sobrando tempo para estudar, trabalhar ou até mesmo para ler bíblia; pode ser o tempo focado em meus próprios problemas, não sobrando tempo para compartilhá-los com meus amigos, e ouvir o deles também.

Jesus sabia o pouco tempo que tinha na terra, por isso Ele focou, e como um grande velocista em uma prova de 100m, deu o seu melhor enquanto trilhava o caminho por aqui.

Eu e você não sabemos o tempo que temos, portanto nossa VIDA CRISTÃ deve ser encarada como uma maratona de 42km, mantendo o ritmo, a pisada certa, fazendo a hidratação no quilômetro certo, focado, diminuindo a velocidade e mantendo a resistência. Todo atleta tem ao seu lado um treinador em quem confia. Quem tem sido seu treinador? Até quando insistirá nessa jornada sozinho, sem ajuda de amigos e principalmente de Cristo?

O desafio que faço pra mim todos os dias e deixo pra vocês, é que eu possa deixar Jesus conduzir minha planilha, me ajudando a manter o ritmo para que eu possa permanecer na pista até cruzar a linha de chegada.

Posts relacionados

Comentários