Mais um convite!

Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno.
Mateus 10.28

Sendo cristão ou não, entender o cristianismo dentro dos limites bíblicos é compreender que Deus é a fonte última de qualquer benção que exista. E, NEle, elas têm sua máxima expressão. Isso significa que ninguém pode ser mais santo, justo, misericordioso e amoroso que Deus. Deus é a expressão máxima de tudo que é bom, incluindo o amor.

Cristo, por ser um com seu Pai e ser o próprio Deus encarnado, é, também, a expressão máxima do amor. É impossível que alguém possa ser mais amoroso que Jesus Cristo.

Dito isso, essa passagem citada acima toma contornos ainda mais drásticos, não? A perfeita expressão do amor que veio ao mundo entregar sua própria vida pelos seus foi quem disse essas palavras. Nesse contexto, Jesus estava enviando seus discípulos ao mundo. Ele os advertiu que encontrariam perseguições e que, da mesma forma como foi odiado, eles também o seriam.

Mas Jesus ensina que os homens perseguidores não devem ser temidos, a despeito de todo seu poder e força terrenos. Até aqui, tudo bem! É uma palavra de consolo, pois nossas vidas estão nas mãos dAquele que tem todo o poder não só na Terra, mas também no céu.

Mas o que dizer da segunda parte do versículo, “Tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno”? Quem é esse que tem esse poder?

Muito se argumenta que é o diabo. Ele é o detentor do poder do inferno e lá reina absoluto. Mas essa visão é sustentada pela bíblia?

“O diabo, que as enganava, foi lançado no lago de fogo que arde com enxofre, onde já haviam sido lançados a besta e o falso profeta. Eles serão atormentados dia e noite, para todo o sempre.”
Apocalipse 20.10

O inferno não é um lugar onde Satanás vai se divertir com seus demônios, atormentando os infiéis. Antes, é o lugar de juízo a toda a criatura moral que se rebelou contra o Criador! O rei do inferno não é Satanás, mas Deus. Deus reina soberanamente sobre tudo que existe, incluindo o inferno.

Portanto, Jesus diz aos seus discípulos: não tenham medo dos homens, tenham medo de Deus. Temam a Deus, pois ele é quem pode lançá-los no inferno.

Não é curioso o fato de Jesus ser a pessoa que mais falou sobre inferno?

Quando nos juntamos para falar sobre essas coisas, há certa compreensão velada de que esse assunto é contrário ao amor. As pessoas serão afastadas de Deus se ouvirem esse tipo de discurso. Mas será mesmo? Cristo, a plenitude do amor, gastou muito dos seus ensinos avisando: arrependa-se!

Meu querido amigo, essa é mais uma chance que Deus tem lhe dado. O dia é hoje! “Por isso é que se diz: “Se hoje vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, como na rebelião”. (Hebreus 3.15). As verdades do passado continuam sendo verdades hoje.

Se você continua em sua rebelião contra Deus, cuidado! Diversos convites têm chegado e você continua resoluto em viver para si? Por quanto tempo durarão seus prazeres? Quanta alegria real você pode tirar de viver como seu próprio deus? Há um dia de acerto de contas agendado. Seus dias estão contados e sua alma será requerida. O que você fará quando estiver sozinho diante do Deus santo?

Hoje é mais um convite doce de Jesus para sair da rebelião, deixar de ser seu próprio deus e entregar sua vida em Suas mãos. Não tenha a menor dúvida: se você permanecer afastado de Cristo, seu caminho é para o inferno, onde não haverá descanso.

Arrependa-se! Ouça a voz do Espírito! Arrependa-se e viva! Não morra! Venha a Cristo hoje! Ele lhe espera com perdão e misericórdia! Mas venha e lance-se sobre aquele que é, que era e que há de vir.

Do contrário, tema! Porque esse é o Deus que lançará seu corpo e sua alma no inferno eterno. A chama nunca vai se apagar e o verme nunca vai morrer.