Obediência por dentro e por fora

Quando a nossa vida espiritual é colocada no altar do Senhor, tanto o nosso exterior como o interior glorificam o Seu nome.

A mãe repetidas vezes mandou que seu filho pequeno se sentasse e ele, desobedecendo, permanecia de pé. Finalmente a mãe foi até ele e, segurando-o pelos braços, fez com que se estatelasse em uma cadeira. Fumegando, o menino falou: “Por fora eu posso estar sentado, mas por dentro eu continuo de pé!”

Quantas vezes nós, que já estamos crescidos, agimos da mesma forma com o nosso Pai? Mostramos rebeldia, desobediência, indiferença, pouco caso e outros tipos de reações que entristecem e desagradam a Deus. Ele nos ama e nos quer orientar sobre a melhor maneira de viver e ser feliz, mas insistimos em andar por caminhos tortuosos que servirão somente para levar-nos à perdição.

Às vezes, exteriormente, até tentamos parecer obedientes, como os fariseus hipócritas da época de Jesus, mas por dentro, pensando que enganamos ao Senhor, continuamos longe de Sua presença e envergonhando o Seu nome. Quando a nossa vida espiritual é colocada no altar do Senhor, tanto o nosso exterior como o interior glorificam o Seu nome. Nosso espírito está ligado ao Espírito de Deus e o nosso corpo é oferecido para ser um canal de bênçãos neste mundo. Não existe farsa, não existe fingimento, não existe mentiras. Vivemos para servir ao Senhor e, se erramos, não tentamos esconder o nosso pecado de Deus. Pelo contrário, arrependemo-nos e pedimos perdão, e descansamos na certeza de que Ele, por Seu amor e misericórdia, renovará a nossa fé e fortalecerá o nosso coração.

Você continua parecendo um cristão apenas por fora ou tem feito com que seu interior reflita a luz da graça de Deus em todos os momentos de sua vida?

“Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade.” (Mt 23.28)

Posts relacionados

Comentários