Quando Deus não responde a sua oração

GND-Possible-Feature

 

Aprendi desde pequena que Deus escutava as orações mais silenciosas do meu coração.

Sempre me disseram que bastava eu pedir a Ele o que necessitava, que Ele me atenderia.

Ultimamente, venho percebendo que não é bem assim…

Sou muito tímida e odeio falar em público. Minhas mãos suam, meu coração acelera, a fala trava e a mente fica num brilhante branco. Juro que orei com todo o meu coração para que eu não fosse a aluna sorteada para apresentar um seminário na frente de todo mundo do setor de pediatria do hospital. Me surpreendi quando ouvi meu nome. Sai arrasada de sala, não apenas por ter que me expor diante de todos meus colegas e professores, mas principalmente porque Deus não havia ouvido meu pedido, como me disseram que Ele sempre faria. Fiquei as duas semanas que antecederam a apresentação, ouvindo várias possibilidades de que o seminário fosse cancelado e a cada oportunidade, me agarra com fé na certeza de que era naquele momento que viria o livramento do Senhor (sim, sou dramática, rs) que me faria escapar dessa enrascada. Em todas, porém, sempre aparecia uma solução para a dificuldade e a data mantinha-se fixa. Não tinha jeito, Deus tinha permitido que eu passasse por aquilo.

O silêncio de Deus é uma lição

Depois de um tempo chateada, e quando perdi as esperanças de não ter que passar por essa avaliação, passei a tentar clarear minha mente. Foi quando comecei a refletir na Palavra, tentando entender o que o Pai queria me ensinar com isso. Nesse momento, me encontrei em Romanos 8, um capítulo tão especial para mim. Li que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Bom, eu acredito amá-Lo, por que, então, algo que para mim era tão difícil de fazer me aconteceu? Quantas vezes, olhamos com nosso alcance limitado para as situações ao nosso redor e achamos que Deus não tem evitado que ‘coisas ruins’ nos aconteçam? Continuando nesse texto, compreendemos a razão do Pai fazer as coisas contribuírem a nosso favor: para nos fazer mais parecido com Seu filho. Então, embora nosso conceito de bondade seja diferente, para Deus é tudo aquilo que muda o nosso caráter e nos torna semelhante a Cristo – o filho bom, obediente, amável e confiante na vontade do Pai para a sua vida.

Deus ouve todas as nossas orações por amor. Por misericórdia, porém, Ele não cumpre as nossas vontades. Passei os últimos três dias, pedindo a Deus que me desse coragem de enfrentar meus medos, que mudasse tudo o que precisasse em mim, que me tornasse a Aline que Ele queria que eu fosse – não uma pessoa medrosa como sou, mas alguém que descansa sabendo que na dependência do poder de Deus, Ele pode me levar a viver bem mais além do que eu poderia com a minha própria força e capacidade. Apresentei o seminário e acabou tudo bem. Melhor do que uma nota ou um elogio de uma professora, o mais gratificante foi a experiência, de mais uma vez, compreender que Deus estava ao meu lado, cuidando de mim e me capacitando a ultrapassar os obstáculos para realizar o propósito que Ele colocou em meu coração. Percebi que se Deus tivesse me ouvido, eu continuaria estagnada e aprisionada em meus temores. Me senti completamente amada, quando vi que Deus queria me libertar dos sentimentos que Ele não tinha colocado em mim, para enfrentar e vencer novos desafios.

muie

O silêncio de Deus é cuidado

Não sei se esse texto vai servir de alguma forma para você, embora eu espere que pelo menos esse parágrafo lhe seja minimamente útil. Só queria relatar essa experiência para que você não se revolte ou fique com rancor de Deus quando algo não acontecer do jeito que você desejou ou planejava. Lembre-se que temos uma mente limitada e não podemos prever o futuro, mas saiba que lá na frente, você vai entender e até agradecer a Deus pela forma como Ele direcionou as coisas. O Pai cuida de você em cada detalhe. Se renda a esse amor e descanse no caminho que Ele quer trilhar contigo. Deus tem pensamentos de paz a nosso respeito, permita que Ele lhe dê um futuro de esperança bem maior do que você sonhou e te torne uma pessoa bem melhor do que o que você desejou.

Obs.: Só por ironia, enquanto escrevia esse texto, Deus me lembrou das tantas vezes em que orei pedindo para que ele me ajudasse a não sofrer mais por ser tão tímida. Ah, e não é que no fundo, o Pai não se esquece de nenhum dos nossos pedidos?