Por que você nunca deu uma Bíblia para uma criança?

Não tenho a conta exata da quantidade de Bíblias que tenho em casa. São diferentes traduções, versões, editoras, comentaristas e etc. A Bíblia faz parte do meu dia a dia devocional, acadêmico, religioso e espiritual. Já não consigo imaginar a vida passando um só dia sem ler pelo menos um versículo da Bíblia, ainda que seja no celular. Desde muito pequeno sempre tive acesso às histórias e ensinamentos bíblicos e penso que isso fez e faz toda diferença na minha relação com as escrituras. Lembro que aprendi a ler muito antes das crianças da minha escola porque era incentivado pela minha mãe, que lia as histórias para mim e me ensinava a cantar hinos do cantor cristão.

Na igreja, o velho flanelógrafo despertou meu interesse para ler outras histórias bíblicas, além das que eram contadas no velho ‘culto infantil’. Hoje, se tenho a oportunidade de compartilhar um pouco de conhecimento bíblia com as pessoas em minha comunidade local e também com milhões de pessoas via MVC, é graças a muitas pessoas que lá atrás pensaram que de alguma forma “valia a pena” investir para que a semente do amor pela palavra de Deus fosse plantada no coração de crianças.

jesus-mvc

Muitos dos privilégios que as pessoas da minha geração tiveram não fazem parte do dia a dia das crianças de hoje. Se falarmos em localidades mais distantes dos grandes centros, a história fica ainda pior.

É urgente falarmos nesse assunto.
Nossas crianças estão sendo doutrinadas
pela televisão, música, publicidade e outros
atributos de nossa cultura moderna que
influenciam negativamente, uma vez que
os mais básicos ensinamentos de amor,
paz e alegria do evangelho são sempre
contra culturais.

 

Porque você nunca deu uma Bíblia para uma criança?

A pergunta que dá título a esse texto é muito importante. Se cada um dos adultos que se confessam cristãos evangélicos do Brasil se comprometesse a doar uma Bíblia ou um livro infantil de histórias bíblicas para uma criança, não demoraria muito tempo para que todas as crianças do nosso país tivessem acesso a esse tesouro. Particularmente, penso que talvez aí esteja uma possível solução para o problema das aberrações antibíblicas que vemos pelo nosso universo evangélico brasileiro: o despertar do interesse cada vez mais precoce das crianças pela bíblia, suas histórias e seus ensinos.

E por onde começar?

Se você não sabe por onde começar, é com um prazer enorme que uso esse espaço para te sugerir um projeto de uma parceria do MVC que tem levado muito a sério o chamado que Deus lhe deu usando seus talentos e dons para a proclamação da mensagem do Evangelho. Raíssa Bulhões já é muito conhecida por suas ilustrações e seu talento ímpar em design gráfico. No último mês ela lançou o projeto Histórias de Verdade que tem um objetivo muito simples e singelo: a distribuição gratuita de livrinhos contando historinhas da Bíblia para crianças menos favorecidas, como aquelas que moram em comunidades carentes, no sertão nordestino, em aldeias indígenas ou nos países pobres. O projeto está sendo financiado através do Catarse e qualquer pessoa pode adquirir e fazer a sua doação para beneficiar as crianças envolvidas.

Não deixe para depois, acesse agora a página do projeto no Catarse e faça sua doação. Doe de coração, com sorriso no rosto, sabendo que o recurso que está em suas mãos, bolsos e conta bancária é de Deus, e você como mordomo de tudo isso deve usar para servir aos propósitos Dele! Que Deus te abençoe e vamos juntos proclamar e sinalizar o reino de Deus aqui na terra!