Na dor, não cabe a gente culpar ninguém

Geralmente quando eu gosto bastante de um CD, escuto várias vezes no carro. Esses dias estava revendo os álbuns que tenho salvo no pendrive, e parei no disco Coração a Batucar da Maria Rita.

Uma das músicas me chamou logo atenção pelo ritmo e interpretação, e conforme fui escutando percebi algo precioso na letra, que se chama Abismo. Ela diz:

A sua voz é o silêncio / O seu olhar um abismo / Um medo de me encarar
De onde vem esse jeito? / Se eu não fiz nada contigo / Não sei por que me julgar
Posso dizer com certeza / Se esquivar é a contramão / O mundo não vai parar
Olhe dentro de si / Lave as mágoas do seu coração
Na dor não cabe a gente culpar ninguém / Sem ter motivos do nada… / Fazendo disso piada
Se for pra gente se entender, vai ver / Que a vida passa e acaba
E ficam marcas pisadas / Do mal que ainda me faz sem perceber

Por conviver com vários casais, liderar grupo de casais, mentoriar noivos, etc., quando leio algo sim acende logo a luz de alerta da COMUNICAÇÃO na vida a dois.

Um dos problemas comuns que vemos e enfrentamos, é essa luta contra a própria razão, que não permite uma abertura para o diálogo. É se zangar com o outro e ao invés de jogar para fora, se cala e se esquiva, sem a menos deixar que o outro saiba o motivo da sua raiva.

FALE!, jogue pra fora o que você sente, e deixe o outro falar também, pois o silêncio só alimenta raízes de mágoa e amargura, e quando se deixa criar essas raízes no coração, fica mais difícil de arrancá-las, e você acaba apenas podando, mas nunca retirando e limpando.

Se você viu uma mensagem no facebook que achou estranho, ou uma foto que levantou suspeitas de traição, ou se sentiu contrariado(a) por uma resposta sem carinhas de sorrisos no whatsapp, enfim, se você não tem certeza do mal que ele/ela lhe fez, peça discernimento a Deus e converse antes que a sua dor venha culpar alguém que não merece o julgamento.

Comecei o texto falando para casais, mas o conselho vale para todo tipo de relação, como pais e filhos, chefe e empregado, amigos, pastor e ovelha, enfim, a boa comunicação é a base para qualquer tipo de relacionamento.

Lembro da história do Rei Saul. Saul sentindo-se ameaçado por Davi, devido a sua popularidade com o povo, permite que a sua dor julgue a intenção de Davi e inicia uma guerra contra o homem que lhe era um servo fiel, amigo e ainda por cima genro. Davi foge de Saul sem saber o motivo, e mesmo sendo ameaçado de morte por um mal que não casou, se manteve fiel a Deus e ao rei.

A bíblia está repleta de orientações quanto a esse assunto. Tiago diz em sua carta: “Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se, pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.” (Tg 1:19-20)

O Sábio Salomão disse que “Quem responde antes de ouvir, comete insensatez e passa vergonha.” (Pv. 18:13)

Portanto, antes de qualquer julgamento, antes de fechar a cara e se esquivar, abre seu coração para Deus, deixa Ele te inundar com a paz celestial, preencha o silêncio com palavras calmas, pois essas desviam o fúria. (Pv 15:1)

Por fim, se de fato não havia culpa e se eram coisas da sua cabeça, seja humilde para reconhecer, peça perdão, e se tiver sido com seu conjugue, diga que o(a) ama, pois o amor é a melhor escavadeira para retirar raízes fincadas e lavar as mágoas do seu coração.

“Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo.”(Efésios 4:32)

mvcstore