Ansiedade

Ore antes de tudo para não se preocupar com nada.

“Não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber, nem pelo vosso corpo pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais que o alimento e o corpo mais que o vestuário? Olhai para as aves do céu; não semeiam nem ajuntam em celeiros e, contudo o vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” Mt 6:25,26.

Nesse texto Jesus usa duas figuras bem simples para mostrar o cuidado de Deus com suas criaturas; a primeira é as aves do céu, imagino que o Senhor está se referindo aos pardais, que são pequenos e de insignificante valor. Eles não semeiam, nem ajuntam nos celeiros, ou seja, vivem livres de preocupações, são totalmente dependentes do seu criador. Os lírios são nascidos no brejo, crescem e se tornam flores de beleza incomparável. Jesus manda que se observem as aves do céu, e os lírios dos campos pra dizer que, se Deus cuida delas, também cuidará de cada um de nós, pois somos mais importantes que elas. A ansiedade surge quando achamos que podemos resolver os nossos problemas sozinhos em vez de reconhecermos a soberania e o poder de Deus, e de buscar o seu reino e a sua justiça em primeiro lugar.

O apóstolo Pedro exorta a lançar aos pés do Senhor todas as nossas ansiedades porque Ele tem cuidado de nós. Não devemos ignorar os nossos problemas, eles existem de fato, também não devemos nos desesperar diante das adversidades, a solução é apresentar tudo a Deus em oração, pois só Ele pode nos libertar da ansiedade.

Posts relacionados

Comentários